Make your own free website on Tripod.com

Teoria de Tudo

A Origem da Força Gravitacional

Home
Energia Absoluta
A Origem do Efeito Mpemba
A Origem da Força Gravitacional
A Origem da Expansão Acelerada do Universo
A Origem das Eras Glaciais
A Origem da Regeneração do Fígado
A Origem da Força das Formigas.
Eliminando o Mosquito da Dengue
A Origem dos Venenos
A Origem das Doenças
A Origem do Câncer
A Origem da Arteriosclerose
A Origem do Amor
A Origem de Filhos ou Filhas
A Origem da Dor
A Origem do Pensamento
A Origem do Sono
A Origem dos Isolantes Térmicos
A Origem dos Monumentos Megalíticos
A Origem dos Furacões
A Origem da Felicidade
A Origem dos Extraterrestres
A Origem dos Sonhos
A Origem do Mito das Loiras
A Origem do Universo
A Origem de Um Milagre.
A Origem da Inteligência
A Origem da Mediunidade
A Origem da Lei da Atração.
A Origem da Memória Akáshica
A Origem dos Pelos Pubianos
A Origem dos Desejos Insólitos das Grávidas
A Origem da Velhice
O Segredo do Perfume que Emagrece

O que nos prende à terra?

Se colocarmos em prática a teoria de Platão, fica muito fácil desvendar a Força Gravitacional, fenômeno ainda não descoberto pela ciência.

Então vamos começar por mais uma propriedade, além das que já estão na página Energia Absoluta, neste site.
A energia tem a propriedade de magnetizar, todos os corpos que interpenetra.
Já sabemos que a energia é fria. Quanto mais frio o ambiente, mais energia.

Vamos praticar o que dissemos agora mesmo:
Abra uma geladeira, e no congelador e coloque o dedo sobre uma cuba de gelo.
Você vai verificar que ele, o dedo, normalmente, gruda no gelo.
Ou seja, a energia, que penetra na água, causando a sua solidificação, magnetiza o gelo. Veja esse efeito na página A Origem do Efeito Mpemba, neste site.
Claro que, isso só acontece, enquanto a energia, que está nos ambientes frios, estiver em ação, ou seja, indo para onde tem menos energia. Pois logo em seguida que a ação da energia se desfaz, ou seja, quando você retira a cuba do congelador, e ele começa a derreter, o magnetismo se desfaz.

Então vamos ver como acontece na prática a Força Gravitacional:
A terra fica circulando no espaço, o qual tem uma temperatura de quase zero absoluto, ou seja, num ambiente super frio, e conforme a teoria de Platão, com bastante energia.
Essa energia penetra em direção ao centro da terra, que está num calor intenso, ou seja, com muito pouca energia.
A energia faz exatamente o que diz uma de suas propriedades. Sempre vai de onde tem maior quantidade, para onde tem menor quantidade.
Enquanto durar esta ação, ou seja, já dura bilhões de anos, a terra vai ficar magnetizada conforme dissemos acima e praticamos no congelador da geladeira. Continuaremos a ficar presos pelo magnetismo terrestre, que é gerado pela ação da entrada da energia na terra, ou seja, o que chamamos Força Gravitacional.

Força Gravitacional
fgravitacional.jpg

Observação Importante:
 
Cabe aqui uma observação importante:
No mundo científico, onde o filósofo Platão dizia que as coisas eram observadas pelo mundo dos sentidos, há uma inversão de grandezas.
Pela observação científica, no frio absoluto, ou podemos chamar de zero absoluto, não haveria energia alguma, e sim no calor. Pela visão científica o calor possui muita energia.
Na realidade o que Platão sabia, é que no mundo  das ideias, ou o mundo das origens, o calor apenas gera energia. Vamos entender isso em outras páginas posteriores a esta, aonde chegaremos na Fusão Nuclear, como ela acontece na prática e inteiramente de graça.
Pouquíssimas pessoas sabiam disso. Entre elas estão Nikola Tesla e Edward Leedskalnin, pesquise na Internet sobre eles e o que eles fizeram por saber disso.
Por isso temos construído enormes e caríssimas usinas geradoras de energia com pouca produção, quando na realidade podemos extrair toda a energia que precisamos da natureza com poucos recursos.

Gravitational Force.
Você acha que esta descoberta merece o Prêmio Nobel?
Quanto você acha que vale a fórmula do Teorema de Platão?
William Fiel, autor do livro A Origem Divina de Todas as Coisas, ISBN: 85-7062-389-5.