Make your own free website on Tripod.com

Teoria de Tudo

A Origem de Um Milagre.
Home
Energia Absoluta
A Origem do Efeito Mpemba
A Origem da Força Gravitacional
A Origem da Expansão Acelerada do Universo
A Origem das Eras Glaciais
A Origem da Regeneração do Fígado
A Origem da Força das Formigas.
Eliminando o Mosquito da Dengue
A Origem dos Venenos
A Origem das Doenças
A Origem do Câncer
A Origem da Arteriosclerose
A Origem do Amor
A Origem de Filhos ou Filhas
A Origem da Dor
A Origem do Pensamento
A Origem do Sono
A Origem dos Isolantes Térmicos
A Origem dos Monumentos Megalíticos
A Origem dos Furacões
A Origem da Felicidade
A Origem dos Extraterrestres
A Origem dos Sonhos
A Origem do Mito das Loiras
A Origem do Universo
A Origem de Um Milagre.
A Origem da Inteligência
A Origem da Mediunidade
A Origem da Lei da Atração.
A Origem da Memória Akáshica
A Origem dos Pelos Pubianos
A Origem dos Desejos Insólitos das Grávidas
A Origem da Velhice
O Segredo do Perfume que Emagrece

Como os milagres acontecem?

A reportagem da TV Globo do Brasil, exibida no Jornal Hoje, dia 07/05/2004 dizia o seguinte:

Cientistas da Nova Zelândia inventam um equipamento que é uma esperança na salvação de bebês recém-nascidos.

O que a TV Globo mostrou, foi um aparelho inventado por cientistas, que refrigera a cabeça dos bebês que sofrem falta de oxigenação no cérebro durante o momento do nascimento, ou durante o período imediatamente após, em que estão no hospital.

Segundo os médicos o aparelho mantém o cérebro resfriado, e impedem, eles não sabem por que, que as células cerebrais morram enquanto estão com o aparelho.

A notícia também saiu em várias emissoras pelo mundo. A BBC de Londres chegou a dizer que alguns médicos alegam ser um pequeno milagre da natureza.

O livro A Origem Divina de Todas as Coisas, cujo volume original foi editado muito antes do começo das pesquisas em todo mundo já havia explicado o fenômeno, e o motivo pelo qual isso acontece.

Tudo começou com uma reportagem brasileira sobre uma garota que se afogou em uma piscina ficando durante treze minutos submersa. E o mais impressionante. A garota saiu viva depois do afogamento.

Uma repórter que cobriu o caso não conseguiu com que a família falasse sobre o assunto. Conseguiu então falar com os médicos que atenderam a garota. Estes disseram que foi muito simples. Que a garota tinha fechado a glote involuntariamente durante o afogamento, fazendo o que naturalmente as baleias fazem no oceano. A água então não entrou nos pulmões, e assim ela se salvou.

A repórter não aceitou o argumento dos médicos e questionou:

As pessoas que passam mais de cinco minutos sem oxigenar o cérebro não tem morte cerebral, segundo prega a medicina?

Os médicos responderam que sim, e que neste caso tinha sido um milagre.

A repórter então resolveu procurar um padre que explicou que Deus sempre está presente em qualquer lugar.

A resposta para o enigma:

Eu estava estudando outro enigma para a ciência nesta época: o soluço, muito comum em bebês quando terminam de tomar o leite materno. E já havia descoberto que o que causava o soluço era a gordura do leite, que por ter baixa quantidade de energia, provocava a irritação do estomago das crianças.

Uma das soluções para o caso era dar um pouco de água para a criança. A energia da água supria a falta provocada pela gordura e ajudava na solução do soluço.

Algumas mães usavam um método muito tradicional na região Norte do Brasil. Colocar um pequeno pedaço de algodão encharcado com água na testa da criança, o que parava também o soluço. Qual seria a explicação para este segundo método dar certo?

Eu, que já havia estudado o movimento da energia contida na natureza, entre os elementos orgânicos e inorgânicos, já sabia que o cérebro não precisava exatamente de oxigênio, mas de energia para sobreviver. O oxigênio era apenas um condutor desta para o cérebro.

Descobri que quando a criança ingeria qualquer elemento com pouca energia em relação às suas células do estômago, estas causavam o soluço. O cérebro então tentava ajudar mandando energia através do sistema nervoso para o estômago. O simples fato de se colocar um pequeno pedaço de algodão molhado na testa da criança fazia com que a energia da água passasse através da pele e fosse em direção ao cérebro, e este continuasse a suprir a região afetada, solucionando o problema. A garota que se afogou, sobreviveu porque o cérebro ficou recebendo energia da água através dos cabelos molhados que ficam sobre a pele.

O seguinte relato foi colocado em meu livro ao final da explicação do fenômeno da garota que havia se afogado:

"Com este simples conhecimento da natureza, podemos salvar muitas pessoas, da morte cerebral, durante um acidente em que percam a respiração, simplesmente molhando seus cabelos, ou colocando uma bolsa de gelo em sua testa".

Eu tentei todos os canais de comunicação para divulgar a descoberta, mas por ser apenas um brasileiro, não fui ouvido, nem lido. Muitas pessoas ainda morrem simplesmente por não saberem desta descoberta muito fácil de se realizar.  Após muito tempo depois, com o advento da Internet, criei o site Mr. Enigma, que abanei para escrever outros livros. O site transformou-se mais tarde, com a ajuda dos amigos no Respostas ao Impossível, e depois no Teoria de Tudo, onde posso divulgar toda a verdade do universo.

mp900411674.jpg

The Rise Of A Miracle.
 
Quanto vale o Teorema de Platão?
William Fiel, autor do livro A Origem Divina de Todas as Coisas, ISBN: 85-7062-389-5.