Make your own free website on Tripod.com
Respostas ao Impossível
Home
Quem Somos
Entenda o Universo
Energia
Regeneração do Fígado
Natureza da Força Gravitacional
Força Descomunal da Formiga
O Mosquito e a Borra do Café
A Origem do Sono
O Mito das Loiras
Filhos ou Filhas, como escolher
A Origem do Pensamento
A Inteligência
A Origem do Amor
Por que mendigos não ficam carecas ?
Os Gênios e os Autistas
A Causa dos Suicídios
A Origem do Vício
O Segredo da Mediunidade
As Grávidas e seus Desejos
O Segredo do Perfume que Emagrece
A Origem do Ciúme
Homens que as Mulheres mais Adoram
O Segredo entre os Vegetais e a Gravidade
Os Verdadeiros Afrodisíacos
Quando a Mulher é mais Carinhosa
O Segredo do Amor Eterno
O Ovo ou a Galinha?
O Segredo da Felicidade
Quem canta, os males espanta.
O Segredo de Nostradamus
A Origem da Forma Humana
O Enigma do Tempo
A Origem do Universo
O Enigma dos Chineses
Vida após a Morte.
Vida Eterna
Origem da Convulsão
O Mármore do Inferno
Efeitos Gravitacionais
Fenômeno Poltergeist
Jovem aos 50
O Mistério do Zodíaco
O Frio dos Mortos
Origem da Premonição
A Origem dos Sonhos
A Causa da Solidão
A Música Divina
Coceiras e Cócegas
Ecosistemas
Homossexualismo
O Milagre
Corpo e Alma
Coca-cola, o segredo.
Origem da Obesidade
A Origem da Sorte
O Poder da Oração
Criação e Evolução
Cristo e Filosofia
Origem da Beleza
O Segredo da Acupuntura
O Número 07
Desafio sobre a Dor
O Enigma dos Destros
Fórmula do Universo
O Segredo das Cores
O Enigma das Árvores
Curtas
Curtas 2
Link Saúde e Doenças
Links Interessantes
Galeria de Gênios

A Origem da Forma Humana

A ciência estuda as pedras, os astros, as plantas, os animais como a aranha e o próprio cientista, na qualidade de ser humano. E tem uma missão não cumprida até hoje: descobrir a origem de todos estes seres.
Vamos então dar uma dica através de uma pergunta que nos foi enviada: Qual a origem das formas humanas, ou que nos faz ter olhos azuis, verdes castanhos e até coloridos e ser belos?

Os cientistas céticos, apesar de toda a proeza e grandiosidade de seu trabalho na busca da origem das coisas, cometem um grande pecado. Um pecado já descrito na história da mitologia grega, cometido por Aracne, uma jovem tecelã que vivia na Lídia.
Aracne ganhou fama de ser a melhor na arte de fiar e tecer a lã. Mas eram os deuses, com sua generosidade, que concediam às criaturas seus talentos e habilidades.
O ser humano, com sua capacidade de se esquecer das coisas, às vezes comete a tolice de gabar-se de seus próprios feitos.
Aracne cometeu o mesmo pecado, e por sua vaidade passou a vangloriar-se de seus feitos, esquecendo-se de que na realidade, a sua habilidade era disponibilizada por Atena, a deusa da sabedoria.
Aracne foi tão vaidosa que desafiou a própria deusa para uma disputa.
 
A jovem tecelã foi tão perfeita durante a disputa que a deusa não encontrando uma falha sequer, ficou irritada e rasgou a obra de Aracne e a feriu. A moça ficou tão triste que tentou o suicídio enforcando-se, mas a deusa apiedou-se da mesma e salvou-a transformando a corda que Aracne usava em uma teia, mas por seu pecado foi transformada em uma aranha, e assim a beleza de sua arte não deixaria de ser realizada eternamente.

Uma lenda africana também conta um caso interessante. Que no mundo antigo não havia histórias. E por isso viver aqui era muito triste.
Um homem chamado Ananse, conhecido por saber fazer belas teias, descobriu que no céu o deus todo poderoso do universo guardava uma caixinha cheia de histórias.
Teceu uma teia até o céu e subiu por ela, pedindo a caixinha para que pudesse contar as histórias para a humanidade.
O deus fez um desafio a Ananse para que pudesse lhe dar a caixa.
Desafio cumprido, ananse trouxe a caixinha para a terra, através de suas teias, mas ao chegar à terra, ao abrir a caixa, as histórias fugiram e se espalharam pelo mundo.

Assim como na lenda africana e na mitologia grega, outras histórias de aranhas são conhecidas, como no Oeste hindu, onde era conhecida como heroína e em outros diversos mitos, onde aparece como criadora do mundo. em uma delas inclusive, uma aranha teceu uma teia para esconder Jesus de seus inimigos.

Resposta ao enigma:

William Shakespeare tentou dizer ao mundo a resposta sobre este assunto, com sua célebre frase: "Há mais mistérios entre o céu e a terra que imagina a vã Filosofia".

Para exemplificar mais humanamente a frase do grande poeta, vamos citar uma novidade na área da ciência, as células-tronco.
As células-tronco são células indiferenciadas, mas que produzem células-filhas diferenciadas, produzindo formas diferentes de si própria, sem que a ciência saiba o por quê.

O segredo destas células é que elas conhecem a sua própria origem e a origem do mundo. Assim funcionam como as cordas de uma teia, e deixam-se tecer por aranhas tão microscópicas que os cientistas, mesmo com os melhores aparelhos não podem ver.
Estas microscópicas aranhas são descendentes de Aracne, que tece a teia da vida, através do conhecimento transmitido a elas pela deusa Atena, a deusa da sabedoria.
A única relação já descoberta pelos cientistas desta relação mitologia-ciência, é que as células tronco, ao receberem cuidados de elementos externos a sí próprias, transformam-se em diferentes tecidos.

Para chegar mais perto deste conhecimento, imagine uma pequena aranha, tecendo todos as coisas do universo, dando-lhes diversas formas possíveis, as mais belas que a natureza pode criar, inclusive os caminhos que levarão você ao seu destino. Esta é a verdadeira Filosofia.